Endocrinologia| Emagrecimento| Ortomolecular | Medicina Esportiva

GLÚTEN – QUEM É E O QUE FAZ ESTE GRANDE VILÃO

GLÚTEN – QUEM É E O QUE FAZ ESTE GRANDE VILÃO

O glúten tornou-se o grande vilão das dietas e do pessoal fitness que curte alimentação saudável, mas de fato, quem é esse bendito Glúten?

O Glúten é um tipo de proteína que atua nos alimentos como uma espécie de cola que garante flexibilidade, elasticidade e um tipo de textura específica em alguns alimentos, ajudando-os a manter seu formato na hora do preparo, como tortas, massas e pães. 

Ele é encontrado principalmente nos cereais como trigo, centeio ou cevada, como a cerveja, as farinhas, as massas, bolos, pizzas, macarrão, biscoitos, etc…

Como a maioria dos alimentos possui um destes cereais, o glúten tende a ser consumido em grandes quantidades. Esse excesso de consumo somado ao sedentarismo e estresse são os principais motivos de problemas na saúde e da obesidade de uma maneira geral.

De fato, o problema que gira em torno do glúten, é que algumas pessoas não conseguem digerir muito bem alimentos que possuem estes cereais.

Pessoas que tem intolerância ao glúten, como os doentes celíacos ou pessoas que têm sensibilidade ou alergia ao glúten, geralmente tem problemas abdominais como dores, inchaços, muitos gases e diarreia. E é bem desagradável viver assim.

Além disso, pessoas que consomem muitos alimentos com glúten, principalmente o trigo, tendem a desenvolver problemas de coração, envelhecer mais rápido, o humor tende a ficar alterado e os ossos ficam mais frágeis.

Por isso, quando a pessoa deixa de consumir alimentos com glúten, incluindo a cerveja e o whisky, ela relata uma imensa melhora em sua saúde, principalmente no que diz respeito a diminuição do abdômen e regulação do intestino, o que é fundamental para todos, especialmente para quem quer emagrecer.

A intolerância ao glúten também dificulta a absorção de nutrientes e para os quem tem algum distúrbio autoimune da tireóide, uma dieta isenta de glúten, pode melhorar os sintomas e retardar a progressão da doença.

 “Acreditamos que não só os que possuem intolerância ao glúten, mas todos que decidem adotar uma dieta e um estilo de vida onde não haja espaço para  o glúten, principalmente para o trigo e seus derivados, irão desfrutar de inúmeros benefícios para a saúde, incluindo a perda de peso” – Diz a Dra. Bruna Marisa, Médica Endocrinologista, Especialista em Emagrecimento, autora do E- Book Guia de Emagrecimento Definitivo e Duradouro .

Existem alguns sinais de que você pode ter intolerância ao glúten:

  • Gases e barriga inchada depois de ingerir pães, macarrão, massas
  • Irritabilidade
  • Muito cansaço e tonturas depois das refeições
  • Diarreias e prisão de ventre
  • Dores nas articulações e músculos
  • Manchas vermelhas que podem coçar.

Se ainda assim, estiver na dúvida, alguns exames podem concluir o diagnóstico, como exame de sangue, de fezes, de urina ou a biópsia intestinal.

Não é fácil retirar o glúten da alimentação diária, pois como vimos, ele está presente em muitos alimentos que diariamente consumimos, mas existem estratégias que podem facilitar essa adaptação, como por exemplo, cozinhar mais, escolher os alimentos, jantar para evitar os lanches que geralmente incluem trigo e derivados; consumir mais oleaginosas, evitar os produtos industrializados de maneira geral e fast-foods, passar a visitar mais feiras e hortifrutis.

Alguns alimentos podem substituir o glúten, como por exemplo o trigo sarraceno, a quinoa, farinha de coco, amêndoa, milho, arroz/mandioca/, polvilho, tapioca, fécula de batata e o próprio pão sem glúten.

Além do mais, nos mercados, podemos ver nos rótulos dos alimentos, aqueles que possuem e os que não possuem glúten e isso já nos facilita muito!

Para iniciar uma dieta sem o glúten, é muito necessário que você procure um especialista em nutrição. Alguém que poderá te auxiliar durante este processo que, não é fácil, mas que resultará em grandes benefícios para você.

Viva melhor!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Open chat
Fale com a Dra. Bruna
Olá, Me chame aqui para tirar dúvidas ou agendar sua consulta!